Hoje trago-vos um tema com cheiro de Primavera...

Quando me falaram em ter na farmácia uma marca de perfumes pareceu-me uma ideia estranha já que as pessoas normalmente compram perfumes, nas perfumarias. Ainda assim, despi-me de preconceitos e fui à apresentação da marca Roger & Gallet. 

Quando começou percebi imediatamente que apreciar um bom perfume pode ser muito parecido com apreciar um bom vinho. Há várias notas: as que se sentem de imediato, Notas de Saída (Cabeça), são as que dão a impressão inicial, elaborada para despertar o interesse, são as notas mais leves aquelas que "escapam" do frasco. Aqui incluem-se ingredientes ligeiros e voláteis que evaporam rapidamente, são sentidas logo após a sua aspersão, vão diretamente paras as narinas. São notas frescas como limão, bergamota, laranja, pinho, lavanda e eucalipto; as que vêm mais tarde, Notas de Coração (Corpo), a personalidade do perfume, são notas que expressam o tema principal da fragrância. Menos voláteis, evaporam mais devagar, são sentidas assim que o perfume "desaparece" sobre a pele. São notas mais encorpadas como as de flores, folhas e especiarias. Notas de Fundo (Base) garantem o poder de fixação de uma fragrância, são notas que definem o cheiro que se difunde na pele. Pouco voláteis, os ingredientes evaporam lentamente, é o último acorde a ser percebido e o que permanece por mais tempo. São notas densas, como as de resinas, de madeiras e as de origem animal.

Fiquei a saber que a marca Roger & Gallet existe desde 1862 e tem perfumes elaborados a partir de óleos essenciais naturais, sabonetes perfumados segundo o método tradicional do caldeirão, cuidados para o corpo com texturas envolventes, enfim, toda uma viagem de prazer e sensorialidade que temos ao nosso alcance e da qual podemos disfrutar diariamente. 

Acima de tudo todos temos o nosso perfume, aquele que nos apaixona e que vamos sempre associar a determinados momentos da nossa vida. 
A memória olfativa é algo incrível, como é que o nosso cérebro associa cheiros a momentos...Quem não tem um perfume especial para ocasiões especiais? 

Deixo-vos um link onde podem escolher o “vosso” perfume Roget & Gallet. O meu é Fleur d’Osmanthus ☺

Aproveito ainda para falar-vos do mais recente lançamento da Caudalie, o Rose de Vigne. Que delicia de perfume, fresco e floral, a escolha sensação para este verão.
E para quem gosta dos perfumes mais intensos, o Parfum Divine também da Caudalie, não deixa os seus créditos por mãos alheias. Espreite o vídeo aqui

Até breve!
Susana.


Susana Guimarães e Matos é Diretora Técnica da Farmácia Ferreira da Silva, empresa que detém a marca Cosmetic Delivery. Um dia que passe pelo Norteshopping, vá à Farmácia e diga-lhe Olá!









Tudo pronto para a Praia?


Com a chegada do calor, começamos a arrumar a roupa de inverno e a apanhar os primeiros banhos de sol.

As esplanadas enchem-se, as praias estão mais convidativas e começamos a expor a nossa pele ao sol para repormos os níveis de vitamina D e atingirmos aquele tom de bronzeado que tanto nos fez saudades durante o inverno.

Porque o Sol tem tanto de malefícios quanto de benefícios, é importante termos em atenção algumas regras que vão proteger-nos e ajudar-nos a desfrutar do sol em segurança.

Horas para estar ao sol e horas para estar à sombra

Se utilizarmos a regra da sombra, para nós e para as nossas crianças, é fácil percebermos quando podemos estar expostos e quando devemos estar em casa, a aproveitar a “fresca”. Se a nossa sombra é menor que o nosso corpo, não devemos estar expostos ao sol. Se pelo contrário, a nossa sombra é maior que o nosso corpo, então esta é a altura certa para estar na praia. Esta regra relaciona a posição do sol com a altura do dia e a intensidade dos raios solares.

Em jeito de resumo, podemos estar na praia entre as 9h e as 11h e depois das 16h. Pelo meio devemos aproveitar para dormir a sesta ou outras atividades que não impliquem uma exposição solar direta.

A escolha do protetor solar


O sol emite diferentes tipos de radiações das quais podemos destacar os raios ultravioleta (A e B) e os raios infravermelhos.

Os raios ultravioleta B são os responsáveis pelo bronzeado e pelo eritema ou queimadura solar. Os ultravioleta A estão relacionados com o fotoenvelhecimento da pele pois penetram mais fundo.
A exposição inadequada ao sol pode provocar insolações, queimaduras, envelhecimento prematuro da pele, alterações do sistema imunitário, alterações oculares e cancro da pele.
Para nos protegermos destes efeitos adversos do sol, devemos usar fotoprotectores, melhor conhecidos como protetores solares.

O Fator de Proteção Solar (FPS) indica-nos o número de vezes que o fotoprotetor aumenta a capacidade de defesa natural da pele face aos eritemas e vermelhidão provocados pelos raios ultravioleta B.
O método COLIPA, método europeu, classifica os produtos em vários tipos ou categorias, de acordo com o FPS:


Tipo de Fotoprotetor Fator de Proteção Solar
Baixo 2 a 6
Médio 8 a 12
Alto  15 a 25
Muito Alto 30 a 50
Ultra Acima de 50


De acordo com o seu fototipo terá sempre um fator de proteção adequado assim como conselhos pormenorizados.
Aos dias de hoje, os laboratórios de cosmética desenvolveram filtros solares e formulações que não só são eficazes como são agradáveis aos sentidos, com perfumes e texturas agradáveis, como a Piz Buin ou a Àvene. Desde loções e cremes até sprays e formulações oil free, há uma resposta para cada preferencia, tipo de pele ou apetência pelo bronzeado perfeito.

As crianças e bebés devem optar por um filtro mineral, que não seja absorvido pela pele mas que garanta uma proteção eficaz.
Também para os mais pequenos, existem também os fatos protetores que protegem de forma permanente as suas crianças quando estão na praia. Todos os fatos garantem uma proteção 50+. No entanto, as regras de exposição solar são para manter assim como o protetor nas zonas não cobertas pelo fato.

A aplicação do protetor solar deve ser reposta de 2 em 2h para que a eficácia se mantenha e aplicada generosamente de modo a cobrir toda a extensão da pele.

Hidratar o corpo e a pele

Durante a exposição solar, é importante mantermos os níveis de hidratação para pele para que esta não se sinta agredida e possa bronzear em segurança. Beber água ao longo do dia, evitar bebidas alcoólicas e refrescar-se com água termal, são passos fundamentais para quem quer passar um dia na praia.

Depois do sol, acalmar e hidratar a pele com um bálsamo pós solar regenerador, é fundamental para conseguirmos um bronzeado seguro, bonito e prolongado.

Dica extra

Caso costume fazer alergias ao sol ou deseje aquele bronzeado mais sublime e dourado, pode complementar os seus cuidados com os preparadores orais. Das mais variadas marcas, utilizam a proporção certa de betacarotenos e outros antioxidantes, para nutrir a pele desde o seu interior e fornecer os nutrientes necessários para que a melanina se converta em pigmento bronzeado. Sugiro as cápsulas da Photoderm. Tomando 15 dias antes da exposição solar e durante todo o verão, ajudam a manter o bronzeado por mais tempo.

Outra dica: se não quiser ir para a praia com o brancura do Inverno, pode sempre começar tomar as cápsulas Doriance dos laboratórios Pierre Fabre. Vão conferir à sua pele um bronzeado natural com 7 pigmentos.

Até breve,
Susana.

Susana Guimarães e Matos é Diretora Técnica da Farmácia Ferreira da Silva. Tem 3 filhos e esteve agora recentemente no México de férias onde pôs em prática os seus conselhos sobre proteção solar. Voltou com um bronzeado sublime e seguro.

Atchimmmmm! Alergias....




Atchimmmmmm! Alergias...


Hoje falo-vos sobre um tema que afeta muitos de nós nestes dias da Primavera.
Começa a ficar mais calor, os passarinhos cantam, as árvores florescem e nós... espirramos!

Vou-vos explicar um pouco sobre o que é isto das alergias e dar-vos algumas dicas de como melhorar os sintomas e usufruir da Primavera.

As alergias
As alergias são reações exageradas do sistema imunitário a determinadas substâncias (alergénios), encarando-as como agressivas, apesar de serem comuns.
É possível ser-se alérgico a uma variedade de substâncias, tais como: pólens, ácaros do pó, medicamentos, alimentos, pêlos de animais, entre outros.
As alergias manifestam-se através de sintomas respiratórios (rinite alérgica e asma); oculares (conjuntivite alérgica) e dermatológicos (eczema e urticária).
Os diferentes sintomas podem ocorrer em simultâneo e as manifestações mais frequentes são:
  • o corrimento nasal transparente (rinorreia);
  • o nariz entupido (congestão nasal);
  • comichão no nariz, olhos, ouvidos e céu da boca;
  • tosse e irritação na garganta;
  • espirros;
  • olhos vermelhos, irritados e lacrimejantes, com comichão e por vezes pálpebras inchadas.
Apesar de haver uma forte predisposição genética, há outros fatores que predispõem para o aparecimento de sensibilizações, tais como a poluição e o fumo do tabaco.
O diagnóstico baseia-se na história clínica, exame físico e testes de diagnóstico, nomeadamente testes cutâneos de hipersensibilidade.  

A rinite alérgica
A rinite alérgica é a manifestação mais comum das doenças alérgicas.
Suspeita-se de rinite alérgica quando algumas das manifestações referidas surgem repetidamente ao longo do ano, como a rinite alérgica perene (pode estar associada aos acaros do pó da casa), ou num determinado período do ano, como a rinite alérgica polínica. Esta última é muito frequente nesta altura do ano, uma vez que, é na Primavera que a maioria das plantas poliniza.
A rinite alérgica é uma doença respiratória crónica major. Devido, por um lado, à sua elevada prevalência, e repercussão na qualidade de vida e impacto na produtividade e, por outro lado, pela presença comum de outras patologias associadas, como a conjuntivite, a otite, problemas de sono e a frequente relação com a asma e a sinusite.
  
Tratamento
A forma mais simples de prevenir as alergias é evitar o contacto com as substâncias que causam os sintomas.
Por exemplo, na rinite alérgica polínica, na Primavera, em dias ventosos e secos, deve reduzir-se as atividades no exterior, evitando passeios ao ar livre, viajar de carro de janelas abertas, abrir janelas e portas de casa e cortar a relva.    
Há medicamentos que aliviam os sintomas da reação alérgica, tais como, os anti-histamínicos, descongestionantes nasais e corticosteroides tópicos nasais, que devem ser tomados em situações de crise.

No dia a dia, podemos usar as águas do mar para lavar as narinas e assim evitar a deposição dos alergénios nestas mucosas. Duas vezes por dia pode diminuir os espirros e as secreções. Quando existe um congestionamento e para evitar a o uso prolongado dos descongestionantes nasais, que provocam habituação, já existem águas do mar hipertónicas que vão ajudar a respirar melhor.
E para aqueles que querem prevenir ou mesmo aliviar os sintomas ao longo da estação, existe o Nasafytol que o vai ajudar a respirar melhor, sem os efeitos secundários dos anti histamínicos clássicos como a sonolencia ou secura das muscosas. Isto com apenas uma toma diária.
E pronto, temos a receita sobre como passar a primavera de nariz livre e desimpedido.

Até breve,
Cristiana


Cristiana Matias é farmacêutica na Farmácia do Norteshopping e está noiva e muito feliz. A sua experiencia em Farmácia Comunitária tornou-a uma farmaceutica experiente e capaz de comunicar os melhores conselhos aos seus utentes.


Dietas Detox

Hoje propus-me a falar convosco sobre um tema que está muito em voga: o detox!

Após alturas de abuso na alimentação e nas bebidas alcoólicas ou açucaradas, como nas festas de final de ano, feriados e aniversários, algumas pessoas recorrem às dietas detox, também chamadas de dietas desintoxicantes com o objetivo de "limpar o organismo" e perder peso. Isto surge pelo facto de que, se por um lado a alimentação pode causar intoxicações, por outro lado, existem alimentos e suplementos que ajudam a desintoxicar o organismo de forma natural e saudável.
Para além dos excessos das festas a verdade é que, hoje em dia o ambiente que nos rodeia é altamente tóxico devido ao uso excessivo de produtos químicos que acabam por entrar no nosso organismo através da alimentação, do ar que respiramos, dos produtos que usamos, etc.
Dito isto, é fácil de perceber que estamos todos com maior ou menor grau de “intoxicação” sendo que, entendendo os sintomas e aprendendo a escutar o nosso organismo podemos muitas vezes detetar e atuar sobre o mesmo. 

Os principais sintomas da acumulação de toxinas no organismo podem passar por: 
- fadiga 
- falta de memória e concentração
- menor resposta do sistema imunitário
- obesidade
- menor resposta a tratamentos nomeadamente de perda de peso
- doenças degenerativas e carcinogénese a longo prazo

Vamos então entender como podemos desintoxicar o nosso corpo melhorando a nossa saúde geral a curto, médio e longo prazo.

Onde actuar:
O principal órgão que está associado a este processo é o Fígado. No entanto outros orgãos estão também envolvidos na eliminação das toxinas tais como:
-  os rins desintoxicam indirectamente e eliminam as toxinas (drenagem), 
- o sistema gastrointestinal também elimina toxinas através das fezes 
- a pele através da transpiração

Actualmente esta sobrecarga de toxinas exige que por vezes haja uma necessidade extra em aumentarmos os mecanismos de desintoxicação naturais e é então nestes orgãos que os alimentos e os suplementos vão actuar.
As abordagens para desintoxicar são várias mas antes de se iniciar qualquer processo de “limpeza” temos também de alterar os nossos hábitos diários. Em primeiro lugar todo este processo passa pela adoção de medidas higieno-dietéticas tais como:

- evitar os alimentos refinados e a chamada "fast-food"
- beber 1,5 a 2L de água ou chá fora das refeições
- ingerir bebidas alcoólicas com moderação
- não fumar
- privilegiar o consumo de frutas e legumes cujo teor de fibras ajuda a "limpar" o intestino e com isso eliminar toxinas antes de serem absorvidas
- evitar o stress que consequentemente leva à formação de radicais livres 

Para além das anteriormente referidas pode também complementar as mesmas com outras medidas tais como:

- Homeopatia:




  • Detox kit” - um programa completo de desintoxicação à base de medicamentos de origem natural que passa pela ativação de três sistemas: linfáticos, hepato-intestinal e renal. Detox Kit favorece a drenagem e eliminação das toxinas acumuladas no dia a dia pela alimentação inadequada, alto consumo de açúcar, consumo de álcool e tabaco. Não apresenta efeitos secundários nem interação com outros medicamentos.
  • Cholagutt Detox - contêm o complexo Hepa DTX, que é uma combinação de três ingredientes - cardo mariano, fostatidilcolina e ácido Alfa-Lipóico.
  • Sais de Scussler (Natrium Sulfuricum): ajuda nos processos gerais de desintoxicação e excreção de líquidos. Elimina os líquidos excessivos e ajuda no funcionamento do fígado
-Fitoterapia:

alcachofra - activa a vesicula biliar e ajuda ao melhor metabolismo das gorduras e ajuda na eliminação do excesso de agua no organismo e consequentemente na eliminação de tóxinas
cardo mariano – é uma planta medicinal com propriedades hepato-protetoras e tem também uma ligeira acção diurética
chá verde – tem um forte poder anti-oxidante melhorando as defesas naturais do organismo e ainda uma acção lipolitica ajudando a combater a gordura corporal.

- Super Alimentos 


São alimentos com um elevado teor de fitonutrientes com propriedades muito benéficas para a saúde :
clorela
erva-de-trigo
erva-de cevada
são alimentos altamente ricos em clorofila e muito concentrados em vitaminas e minerais antioxidantes e com potentes propriedades desintoxicantes. Fold Mix Detox associa estes componentes para desintoxicar o organismo num forma fácil e saborosa de tomar. 

São então muitos os motivos pelos quais deveriamos adoptar estas práticas no nosso dia a dia tais como : mais energia, prevenção de doenças degenerativas, melhor qualidade do sono, perda de peso, pele mais limpa, entre outras.
Existem  opções para todos os gostos e por isso não há desculpas para não cuidarmos da nossa saúde.

Até breve!
Um abraço detox,
Ângela*.

*Ângela Campos é farmacêutica na Farmácia Ferreira da Silva, mãe do Manel e adepta de um estilo de vida saudável e livre de toxinas. Atende sempre com um sorriso nos lábios e um cabelo impecável.




Celulite - o flagelo tem fim à vista?

Olá meninas,

O bom tempo está a chegar e começam a surgir as nossas preocupações. O Inverno já lá vai e começamos a olhar com outros olhos para o nosso corpo que esteve coberto durante os meses mais frios.

O que mais nos preocupa é a teimosa "casca de laranja" que parece não querer deixar-nos.

Ficamos tristes, desmotivadas e a pensar: 

Como vamos vestir o biquini? Como acabar com a celulite? O que fazer? Qual o melhor método a adoptar para o meu caso?

Calma. Não é necessário começarmos a desesperar. 

Existem soluções adequadas para cada uma de nós.



Prestem atenção e sigam as minhas dicas:

Antes de demais, é importante conhecer o inimigo para melhor o atacar. 
"A celulite(lipodistrofia ou hidrolipodistrofia) é uma alteração das células do tecido adiposo, causada pelo acumular de gordura, água e toxinas, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com ondulações e nódulos, que se manifesta externamente através dos furinhos indesejados ("casca de laranja").

É causada por alterações no tecido adiposo, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso." 

Esta nossa "inimiga" não é uma condição médica grave, mas causa-nos muito desconforto e pode ser mais do que um problema estético.

Assim sendo, temos de saber identificar o grau de celulite, para adotarmos o tratamento que melhor se adapte às nossas necessidades.
Existem vários tipos de celulite:
Grau 1- Apenas notada se comprimirmos a pele. É neste grau que os vasos sanguíneos estão suscetíveis à ação inflamatória e consequente acumulação de toxinas.
Grau 2- Neste grau, já não é necessário comprimir a pele para se notar o seu aspecto alcochoado. Ao apertar a pele ela fica amarelada, devido à acumulação de líquidos.
Grau 3- Quando já há aparecimento de nódulos. É a partir deste estadio que começam os primeiros sinais de dor e o inchaço torna-se evidente.
Grau 4- As fibras que constituem a musculatura formam nós e as células de gordura formam nódulos cada vez maiores. Há dor.
Com a circulação comprometida, torna-se difícil eliminar as toxinas, agravando assim a celulite.

Porque é que é mais frequente o aparecimento nas mulheres do que nos homens?
Fácil. A celulite  é mais frequente nas mulheres devido à estrutura das fibras do tecido conjuntivo feminino, que é diferente da do homem, o que propícia o aparecimento da celulite.
Ter celulite não significa que estejamos acima do peso. Até mesmo pessoas magras podem ter. Contudo, se estivermos mais gordinhas, a perda de peso pode reduzir a celulite.

Fatores que influenciam o aparecimento de celulite e que favorecem a sua acumulação:
Má alimentação
Dieta rica em gordura
Metabolismo lento
Sedentarismo
Alterações hormonais
Desidratação
Gordura corporal total

Para que consigamos combater a celulite temos de mudar alguns destes hábitos.

Aqui ficam algumas dicas indispensáveis:

  • Diminuir a ingestão de sal, bem como alimentos fritos, enlatados e processados.Ter atenção aos conservantes e substâncias artificiais, pois além de além de dificultarem a digestão, contêm alta quantidade de açúcares e gorduras, aumentando assim a quantidade de toxinas na corrente sanguínea,  favorecendo o aparecimento da celulite. É importante manter uma dieta equilibrada, rica em fibras e pobre em gorduras, açucares e sal.
  • Não fumar.
  • Beber pelo menos 2L de água por dia, pois ajuda a eliminar estas toxinas além de nos hidratar.
  • A atividade física é primordial. Além de ajudar a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, os exercícios melhoram a circulação e consequentemente, o aspecto da pele.
  • Exercícios aeróbios e localizados são interessantes. Temos de escolher uma modalidade de exercícios que gostemos, como caminhada, ginástica, danças aeróbias, treino elíptico, musculação, bicicleta, natação ou step. É importante num plano de treino que os exercícios sejam de resistência, uma vez que a gordura subcutânea apoia-se em cima dos músculos e se a musculatura for fraca e flácida, contribui ainda mais para o efeito “ondulado” da celulite.
  • Fazer esfoliação, pelo menos duas vezes por semana, uma vez que retira a camada de células mortas da epiderme, favorecendo uma melhor penetração dos cremes posteriormente aplicados. Adoro o esfoliante corporal da Nuxe, que combina cascas de noz e areia, deixando a nossa pele macia e suave.
  • Aplicar produtos anti-celuliticos específicos a cada caso, não esquecendo a massagem vigorosa aquando da aplicação, pois ajuda ao aumento da circulação na área, favorecendo a penetração do produto. Estes promovem a quebra da gordura local, melhoram a microcirculação e estímulam a produção de colágeno, o que melhora a celulite. Tenho duas marcas que gosto especialmente e, a Elancyl e a Lierac, como uso anti-celulítico o ano todo, posso ir intercalando ou aproveito as promoções do Cosmetic Delivery. Ainda por cima estão com 25% de desconto! 

Existem também na farmácia outros produtos que nos podem ajudar. 
-Retinóides (diminuem a espessura da pele);
-Cafeína (inibe a produção de gordura e promove sua eliminação);
-Gingko biloba (ativa a circulação sanguínea), 
-Vitaminas E e C (antioxidantes).
-30 days Plus celulite, vão ajudar a retirar os nódulos pelo interior.

Podemos ainda recorrer a tratamentos estéticos, como drenagem linfática (estimula a eliminação de líquidos acumulados no corpo), radiofrequência (estimula a produção de colágeno, diminuindo as fibras fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos), massagem modeladora (atua tanto sobre o sistema linfático como sobre as placas de gordura), entre outras disponíveis no mercado.

Pela nossa saúde, motivemo-nos e comecemos já! Não deixamos para o próximo Verão, o que podemos fazer ainda antes de este começar.

Acabemos com a celulite para nos sentirmos bem com o nosso corpo e assim podermos brilhar ainda mais. 

Até breve,
Carolina.*

Carolina Mesquita é farmacêutica na Farmácia Ferreira da Silva e desenvolve a sua atividade entre cremes, loções e suplementos, experimentando os produtos sempre que pode. Adora dermocosmética e aconselhar os seus clientes.



CrossFit - Sofrer nunca foi tão divertido

Sendo praticante de desporto há anos, dei por mim a instalar-me numa rotina monótona com as idas ao ginásio convencional. A falta de estímulo era uma desculpa cada vez mais frequente para o pneuzinho extra e a pouca vontade de ir correr.

Atento às novas tendências, fui experimentar o desporto que toda a gente fala no momento: o CrossFit.

Mas o que é mesmo esta história do CrossFit?

Após uma pesquisa no Google, descobri que existe um site oficial do movimento e que regula toda a atividade que usa o nome “CrossFit”. Sendo farmacêutico e trabalhando com medicamentos numa base diária, saber que um desporto é regulado e estudado, deu-me segurança e confiança para experimentar.

Em traços muito rápidos,  o CrossFit é uma forma de fitness desenvolvida há muitos anos pelo senhor Greg Glassman. É praticado em Boxes (nomenclatura  para “ginásio” em crossfitês) e vai optimizar a nossa forma física por uma mudança constante de movimentos funcionais a uma intensidade relativamente elevada. Vou traduzir: flexões, agachamentos, saltos à corda.... Há de tudo!

A verdade é que nunca me diverti tanto a fazer desporto! Durante 60 minutos, entre aquecimento e ativação da musculatura geral (warm up), treinos para desenvolvimento de habilidades (skill) e o treino diário (WOD - workout of the day), o tempo não pára e num instante passou a hora. Nada bate a doce sensação de objetivo cumprido, mesmo quando estamos ofegantes e agarrados às pernas.

Algo surpreendente é o espírito de comunidade associado ao CrossFit. Cria-se uma equipa de entre ajuda na BOX para que todos possam cumprir o estipulado, seja qual for a forma física. Ninguém fica para trás.

Mais do que um desporto, parece-me que o Cross Fit é um estilo de vida: alimentação saudável (aconselham inclusivamente a dieta Paleo), descansar o suficiente e testar os nossos próprios limites. 

Da minha experiência posso dizer que vou continuar: cuido ainda mais da minha alimentação, reforçando a ingestão proteica com um batido de proteínas Gold Nutrition Whey no final de cada treino. Tento descansar o suficiente para ir à aula das 7,30 da manhã e para isso dou um ajuda com o ZMA da Gold Nutrition que me faz dormir como um bebé. Só mais uma sugestão: Lierac Homme Gel de banho com ginseng e guaraná. Deixa-nos o corpo fresco e revigorado depois de um treino intenso. Está no saco do ginásio e recomendo!!!


Até breve,
Pedro*

*Pedro Perneta Pires é farmacêutico há 12 anos, entusiasta de desporto e bom rapaz. Não é o rapaz da foto. 

Limpeza dos olhos

Os olhos são uma das zonas mais sensíveis do corpo. A pele à volta do olho é muito mais fina do que a pele do resto do rosto ou corpo e, por esse motivo, necessita de maiores cuidados, nomeadamente na altura da limpeza.



O ideal é usar um desmaquilhante normal (tendo em conta o tipo de pele ou preferência de produto - creme, gele, água micelar) para o rosto e um desmaquilhante específico de olhos:








Ao contrário dos desmaquilhantes gerais (para todo o rosto), os desmaquilhantes específicos para a zona dos olhos têm uma ação desmaquilhante suave mas eficaz, com um triplo cuidado: hidratação, efeito antiqueda de pestanas e uma fórmula adaptada aos olhos sensíveis e utilizadores de lentes de contacto.


Qualquer dúvida, não hesite em contactar-nos